segunda-feira, 20 de fevereiro de 2017

Trading Places




"Parece mentira, mas houve um tempo em que divertir e raciocinar não eram coisas antagônicas no cinema. Trocando as Bolas ilustra esse momento, mas, sobretudo, ilustra esse espírito que em 1983, quando o filme é feito, estava um tanto agonizante. Não era apenas o espectador que se divertia. Também quem fazia o filme dava a impressão de participar da festa (ou mesmo de iniciá-la). No caso, John Landis trata de dois magnatas da Bolsa que fazem uma aposta segundo a qual podem transformar um operador de futuro num pobre coitado e um miserável num prodígio das ações. Há muito de muita coisa: a Bolsa, a crueldade, o capitalismo, o sentimento do poder desmedido. Mas tudo isso submete-se ao espírito e a seu humor."


Seguidores